sexta-feira, 17 de maio de 2013

Necessito de suas palavras.
Elas me aliviam, outrora me maltratam.
E como ondas do mar
Navego no som ou
me afogo em solidão.

Preciso dos versos
Das letras de música.
Do seu pensamento
Da sua ternura.

Preciso do seu olhar.
Mesmo que esteja longe.
Mesmo que não me ame.
Mesmo que finja amar.

Desejo-te mais que tudo.
Necessito de sua atenção;
Nem que seja por um segundo. Um mísero segundo.

Já não exijo carinho.
Contento-me com o que puder dar.
Seja de bom grado ou
a me desafiar.

Seja lá o que puder dar.
Serei obrigada a aceitar.
Por isso aceito o que vier,
Aceito seu amor, como estiver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

http://www.templatesimages.com/images/Craftwork/read-comments.jpg