sábado, 15 de junho de 2013

Ah,  eu o amo, mas não demonstro.
Jogo piada, acompanho com o olhar.
E ninguém percebe.

Finjo que não vejo, passo direto.
Faço charme, convenço ao contrário.
Provo amizade sincera.
Amizade é amiga do amor.
Ou não.

Estou sempre por perto.
Vasculho o que eu puder.
Vou no passado, viajo pelo futuro.
No presente apenas, me disperso.

Ele nem percebe.
Ninguém percebe.
Cá dentro carrega o drama do amor.
 Que se esconde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

http://www.templatesimages.com/images/Craftwork/read-comments.jpg