segunda-feira, 1 de julho de 2013

Não espere.

Definitivamente, parei de criar expectativa em relação as pessoas.
É sempre assim, você gosta, fica e por alguns dias, aquela pessoa é a única que poderá te fazer feliz. Ficamos na espera infinita, 
até que percebemos, que ele não está tão a fim. Então, procuramos outra pessoa para "tentar" amar e o círculo vai repetindo.
Depois de tantos anos na estrada sentimental, tentando buscar o carinha perfeito, que 
me ame sem limites, compreende e aceita minha personalidade, bonito, gentil e blá blá blá. Enfim, esse homem? Parei de esperar.
Hoje, não me iludo mais, deixo acontecer.
Acho que essa é a fórmula, o que não pode faltar para não se decepcionar. Até o último instante
acreditar que "pode dar certo" , mas não se apoiar nisso completamente.
As pessoas não vêm com manual de instrução e nem com certificado de garantia. Ninguém, absolutamente,
ninguém, assinou um contrato de amor eterno conosco.O fato de amarmos, gostarmos, estarmos
interessadas e todas essas baboseiras amorosas, não são suficiente para prender o outro a nós.
Então, o que devemos deixar de esperar e mendigar atenção e simplesmente deixar que o destino faça a sua parte e não
se apegar. Deixe rolar.
Tudo é questão de jogo e com um tempo, ficará natural e você nem vai perceber. O que não vale mesmo, é sofrer esperando.
Isso vale para paixonites. Se for um verdadeiro amor, redobre as medidas, pois a tendência é sofrer mais ainda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

http://www.templatesimages.com/images/Craftwork/read-comments.jpg